Tarefas da Semana

Tarefas da semana: 19 a 25 de abril

Uma semana cheia de sol e com temperaturas primaveris, ideal para fazer uma série de tarefas de primavera: semear, plantar, repicar e transplantar.

Aproveite que ainda está em casa e dedique-se a estas tarefas que são tão compensadoras.

Nos dias 19, 23 e 24 plante e semeie flores

Dipladénia

As trepadeiras são plantas indispensáveis, nas varandas, nos terraços e nos jardins. São quanto a mim os verdadeiros jardins verticais dos climas mediterrânicos. 

Já falei das buganvílias, do jasmim e agora vou falar da dipladénia. 

Esta é uma planta de folha persistente, lustrosa e brilhante que mesmo quando não tem flor é muito ornamental

É originária da América do Sul e as flores são lindas em forma de trompete, com cores variadas que vão de diversos tons de cor-de-rosa, encarnadas, brancas, etc.

Condições de cultivo e manutenção

Prefere zonas de meia sombra onde esteja protegida das horas de sol mais intenso. Precisa de um substrato bem drenado e solto para que consiga enraizar com facilidade.

É uma planta pouco ao frio, que não aguenta temperaturas baixas e é muito sensível às geadas. Sofre com temperaturas abaixo dos 10 ºC.

Regas

Precisa de regas frequentes nos períodos de maior calor (2 ou 3 vezes por semana chega). Se tiver um sistema de rega gota-a-gota é o ideal.

Não aguenta excesso de água e morre se estiver em solos encharcados.

Fertilização

Deve ser fertilizada quando da plantação e depois duas a três vezes por ano na primavera e verão, de preferência com um adubo orgânico ou composto.

Poda

Deve ser podada a seguir à floração, removendo todos os ramos florais do ano, bem como flores, folhas e ramos secos.

Ramos doentes, tortos ou mal inseridos. Esta poda deve ser feita no inverno e irá estimular a floração na próxima estação.

Nos dias 20, 21 2 22 plante e semeie folhas

Brócolos

Os brócolos são saudáveis, versáteis e fáceis de cultivar.

Há muitas variedades de brócolos, umas que dão mais folhas e outras que dão mais cabeças, o ideal é ter algumas variedades diferentes e semeá-las com um intervalo de 3 a 4 semana para prolongar o período de colheita dos brócolos.

Condições de cultivo

Gostam de zonas com sol, solos bem drenados, enriquecidos com matéria orgânica, composto ou húmus de minhoca.

A colheita é feita quando as cabeças estão com pelo menos 25 cm de largura, corte abaixo do tronco e acima das folhas.

Como semear

Semeie em tabuleiros e transplante para o vaso, floreira, canteiro ou horta quando têm 7-10 cm de altura e 4 ou 5 folhas fortes e bem formadas.

Propriedades medicinais e benefícios dos brócolos

Ricos em vitaminas B2, B3, B5 e C, são importantes na prevenção e tratamento de vários tipos de cancro graças à presença de 3-indol-carbinol.

Rica em Vitamina K que fortalece os ossos.

De dia 20 a 24 aproveite para combater as pragas e doenças

As temperaturas subiram e há humidade no ar, as pragas começam a atacar! Pulgão, cochonilha, aranhiço, mosca branca.

Pode fazer receitas caseiras para as combater. Uma mistura de 1 l de água, 1 colher de sopa de detergente da loiça ou da roupa e uma colher de sobremesa de álcool.

Misture e pulverize de três em três dias até desaparecerem estas pragas.

Dia 25 é o dia ideal para semear e plantar raízes

Salsifi

Há muitas raízes comestíveis, muito saudáveis, deliciosas e que habitualmente não se consomem em Portugal.

No entanto consegue encontrar sementes nas lojas da especialidade e pode semeá-las.

O salsifi e a escorcioneira são exemplo disso, parecidas com a pastinaca são fáceis de cultivar e uma boa aposta para ter uma horta gourmet.

Condições de cultivo

Ambas de semeiam em local definitivo, em sulcos entre março e junho.

Gostam de zonas com muito sol, regas regulares e terrenos soltos, arenosos sem pedras e obstáculos para que cresçam direitas e saudáveis.

Propriedades medicinais e benefícios da escorcioneira e salsifi

Ambos os tubérculos são ricos em potássio, excelente para os músculos. Ajudam a combater a hipertensão. Ricos em nutrientes e pouco calóricos são excelentes para dietas de baixas calorias.

Podem consumir-se cozidos, salteados, fritos, em puré, etc. As folhas da escorcioneira também são comestíveis e deliciosas para as saladas.

Gostou deste artigo?
Então leia a nossa Revista, subscreva o canal da Jardins no Youtube, e siga-nos no Facebook, Instagram e Pinterest.


Poderá Também Gostar