Tarefas da Semana

Tarefas da semana: 28 de março a 3 de abril

Nos dias 28, 29 e 30 semeie as suas frutícolas de verão

Melancia

Nutricionistas dizem que a melancia deve ser incluída na dieta da maioria das pessoas por causa de toda a vitamina C e antioxidantes que promovem a saúde—incluindo betacaroteno e licopeno. Estas frutas combinam o seu excelente sabor com ótima nutrição, ausência de colesterol e quase não têm gordura.

Plante melancia do final da primavera até ao início do verão, uma vez que as temperaturas do solo aqueçam ligeiramente. Melancieiras precisam de cerca de 1 metro de distância num solo rico em nutrientes e bem drenado com um pH de 6,0 a 6,8.

Dê às plantas um começo fabuloso para a nova fase de crescimento, adicionando ao solo de origem vários centímetros de composto orgânico, mulch ou outra matéria orgânica muito rica.

A rega consistente é fundamental para o cultivo de melancias enormes e saborosas, mas evite molhar as folhas.

Mantenha as plantas bem fertilizadas com um suprimento contínuo de nutrientes usando um fertilizante de libertação lenta ou garantindo que o estrume ou composto que adicionou ainda não dissipou totalmente.

Mantenha as melancias em crescimento longe do chão com uma cama de palha. Colha-as quando elas passarem de verde brilhante para verde mais escuro. Elas devem soar ocas quando bater na casca, e aí saberá que estão no ponto para colher.

Nos dias 1 e 2 semeie ou plante as suas plantas de folha

Couve

As couves crescem facilmente e dão nutrientes benéficos, mas deve fornecer às plantas o cuidado adequado para nutrir o seu pleno crescimento. Sendo um vegetal da estação fria, pode plantar couves na primavera para começar a colher logo antes dos meses mais quentes de verão e depois ir apanhando ao longo de todo o ano antes que espiguem na primavera.

Compre plantas de couve no seu viveiro local ou se tiver espaço comece as sementes num canteiro, tabuleiro ou estufa logo após a última geada do inverno.

Pode semear as sementes a 1-2 cm de profundidade no solo, espaçadas a cerca de 5 cm e quando as plantas nascerem, deixe apenas as melhores para terem um espaçamento adequado. Quando as suas couves tiverem cerca de 10 cm de altura, poderá mondar ainda mais se as quiser manter no canteiro mais tempo, ou então comece logo a plantar em local definitivo.

Cada planta precisa de cerca de 40 a 50 centímetros de distância entre si no terreno para que as cabeças atinjam a maturidade e recebam boa incidência de sol. Plante as plântulas profundamente, enterrando cerca de metade do caule principal da planta.

Pode usar couves para fazer sopas, cozidos, saladas, e muitas outras receitas. Desfrute deste vegetal tão fácil de cultivar no Mediterrâneo e parte fundamental de uma dieta mais verde e saudável.

No dia 3 plante as suas fruteiras em torrão

Ameixeira

Em todo o mundo, existem mais de 2000 tipos de ameixeiras em três grandes grupos.

As ameixas japonesas (P. salicina) têm frutas grandes, suculentas e mais ou menos em forma de coração. As ameixas japonesas têm peles vermelhas profundas, roxas escuras ou amarelas douradas com polpa densa firme que pode variar de amarelo a vermelho e são deliciosas comidas frescas.

Os frutos das ameixeiras nativas americanas (P. subcordinata, P. angustifolia e várias outras espécies) são geralmente pequenos e azedos, úteis principalmente para geleias e compotas, e para hibridização com variedades de ameixa japonesas ou europeias.

E os tipos europeus (Prunus domestica) produzem ameixas firmes e esféricas e geralmente cultivadas para secagem como ameixas secas. Algumas como as ameixas Gage, são boas para comer frescas.

Todas as árvores fruteiras dão melhor em pleno sol e deve plantar as suas ameixeiras no local mais ensolarado possível. Não plante ameixeiras onde elas vão ser sombreadas ou ter concorrência de outras árvores. As ameixeiras devem ter no mínimo oito horas de luz solar por dia.

O melhor solo é um franco-arenoso fértil, rico em húmus, que é bem drenado e tem um pH ligeiramente ácido de 5,5-6,5. Evite pontos baixos onde a drenagem pode ser lenta. Se possível, escolha colinas ou encostas que permitam a circulação do ar, que pode proteger as flores suaves do congelamento e geadas no final da primavera.

Gostou deste artigo?
Então leia a nossa Revista, subscreva o canal da Jardins no Youtube, e siga-nos no Facebook, Instagram e Pinterest.


Poderá Também Gostar