Frutícolas

Fruteira do mês: Uva

Pragas e doenças

As videiras são atreitas a uma série de doenças e pragas. Uma das pragas que mais afetou a Vitis vinifera foi a filoxera, um minúsculo inseto originário da América que dizimou muitas vinhas e levou a que quase todas as plantações hoje em dia sejam feitas por enxertia em cavalo de origem americana.

Poucas são as vinhas cultivadas em pé-franco e as poucas existentes são plantadas em chão de areia, como, por exemplo, na zona de Colares.

Em Portugal, a vinha é afetada pelo míldio e oídio e por pragas como o aranhiço-vermelho, a traça-da-uva e a cigarrinha-verde. Animais como aves e lebres também causam prejuízos e destruição nas vinhas.

Propriedades e usos

De um modo geral, podemos afirmar que as variedades de uva se dividem em variedades para consumo em fresco e variedades para produção de vinhos.

As variedades de mesa são escolhidas pelo seu sabor, tamanho e aspeto.

A uva é também usada para fazer sumos e refrigerantes, na produção de bebidas destiladas como os bagaços e as aguardentes vínicas e como fruto seco.

As uvas são ricas em sais minerais, vitaminas C e do complexo B. São igualmente ricas em antioxidantes, e têm outras propriedades que reforçam o sistema imunitário.

Fotos: Pixabay

Gostou deste artigo?
Então leia a nossa Revista, subscreva o canal da Jardins no Youtube, e siga-nos no Facebook, Instagram e Pinterest.


Poderá Também Gostar