Aromáticas e Medicinais

Verbena, uma aromática a cultivar no seu jardim

A maravilhosa fragrância da verbena faz dela uma maravilha para juntar ao seu banho. Os gatos gostam do seu perfume quase tanto como do aroma da gatária e respondem a ele com prazer.

Descrição

Perene resistente, com 30-60 cm de altura.

Nome científico: Verbena officinalis

Flores: Espigas altas de minúsculas flores tubulares lilases quase brancas que florescem no topo da planta na primavera.

Folhas: As folhas estreitas são opostas com margens dentadas. As plantas secam no inverno.

Sabor e fragrância: A verbena não é recomendada para uso interno; possui um perfume fresco e calmante.

Como cultivar

Quando plantar: Semeie no jardim cerca de duas semanas antes da últimas geadas. Divida plantas estabelecidas na primavera.

Onde plantar: Prefere a luz direta do sol.

Solo e fertilidade: Plante-a em solos ricos, bem drenados mas húmidos.

Espaço entre as plantas: Coloque as plantas a 30 cm de distância umas das outras.

Pragas: Normalmente livre de pragas.

Doenças: Normalmente livre de doenças.

Colheita

Quando colher: Apanhe as folhas e os caules em qualquer altura. Para uma melhor qualidade, faça a colheita de manhã depois de o orvalho se ter evaporado.

Como colher: Corte caules inteiros.

Secagem: Pendure os caules pela base para secarem ao ar.

Utilizações

Cosmético: Junte verbena à água para secarem ao ar.

Cultivares e aparentadas

Verbena azul (V. hastata): Uma perene resistente que cresce em áreas húmidas. Assemelha-se muito à verbena, mas as suas flores são mais azuladas.

Conselhos

Antigamente recomendava-se um chá feito com verbena; no entanto, os investigadores contemporâneos revelam que este chá provoca vómitos, mesmo quando muito fraco..

Livro “Manual prático de plantas e ervas aromáticas” de Miranda Smith

Fotos: GettyImages

Gostou deste artigo? Subscreva o nosso canal no Youtube e siga-nos no Facebook, no Instagram e no Pinterest.

Poderá Também Gostar