Plantas e Flores

6 plantas para o Halloween

Abóboras, vampiros, esqueletos… esqueça por agora os símbolos clássicos do Halloween, ou Dia das Bruxas. Entre no espírito da celebração – ou cultive um jardim assustador – com esta lista de plantas desconcertantes, estranhas ou mesmo… perigosas.

Olhos-de-boneca (Actaea pachypoda)

O aspeto dos olhos-de-boneca é desconcertante, mas é nas bagas que reside o perigo: são venenosas. A sua ingestão pode causar alucinações e até a morte. É nativa das zonas este e norte da América do Norte.

Flor-morcego (Tacca chantrieri)

Esta planta da família das Dioscoreales é conhecida pelas flores pretas, vermelho escuro ou roxo escuro que lembram as asas de um morcego em voo – características que lhe inspiraram o nome. É herbácea, perene e tropical, nativa da Malásia. Sabe-se que era utilizada na medicina tradicional chinesa como remédio anti-inflamatório e para a hipertensão.

Planta-fantasma (Monotropa uniflora)

A Monotropa uniflora não é uma planta comum. Como não tem clorofila, o pigmento que dá a cor verde às plantas, é completamente branca e pode crescer em ambientes escuros. A planta-fantasma é parasítica: tem uma raiz com fungos que se ligam às raízes das árvores, onde vão buscar alimento.

Planta-cadáver (Amorphophallus titanum)

Esta nativa da Indonésia é cheia de surpresas. Primeiro facto: é enorme – a sua floração é das maiores que se conhece – conseguindo chegar aos três metros de altura. Segundo facto: floresce de forma irregular e rara e, quando tal acontece, é frequente ser notícia. Terceiro facto: tem dos cheiros mais desagradáveis do reino das plantas, exalando odores semelhantes ao de peixe podre e suor. A culpa é das moléculas produzidas pela planta para atrair insetos.

Dedos-do-Diabo (Clathrus archeri)

Nativa da Austrália e da Tasmânia, esta espécie de fungo lembra os tentáculos de um polvo. Cresce em volta de cepos de árvores, mantos de folhas ou restos de madeira. Quando acabam de maturar, os dedos-do-Diabo exalam um cheiro que lembra o de carne de decomposição.

Dioneia ou Vénus-caça-moscas (Dionaea muscipula)

É uma planta nativa dos estados da Carolina do Norte e Carolina do sul dos Estados Unidos. A característica que a distingue são as folhas, que formam uma estrutura que se fecha para capturar as presas. Se quiser livrar-se dos insetos em casa, esta é a planta certa para cultivar.

Fotos: Thinkstock

Gostou deste artigo? Siga-nos no Facebook e no Instagram.

 

Poderá Também Gostar