Plantas

5 flores indispensáveis no outono

Depois dos trabalhos de limpeza e renovação do jardim, é tempo de lhe dar novas cores. Escolha plantas que permaneçam em flor toda a estação e de preferência até ao inverno.

Plantar já

Esta época é boa para plantar, o solo ainda não está frio, pois as temperaturas atmosféricas começam a baixar mas ainda são amenas na maior parte do País.

O solo tem a capacidade de manter a temperatura alguns graus acima da temperatura ambiente, a humidade atmosférica já é maior, o que permite que as plantas não sequem com tanta facilidade como no verão.

Tarefas prévias

Se fizer um elevado número de plantações, deve começar a preparar o terreno com alguma antecedência executando as seguintes tarefas:

Preparação do terreno:
  • Remova as infestantes
  • Mobilização do solo (cava) para permitir que as raízes das plantas se desenvolvam e que a rega seja eficaz (lá diz o provérbio, uma boa cava é sinónimo de uma boa rega).
  • Fertilize o solo com composto, húmus, matéria orgânica ou adubo de libertação controlada.
  • No caso de plantar em vaso ou floreira utilize um substrato adequado para plantas com flor.
Como fazer:
  • Abra uma cova com a profundidade igual ao torrão e com o dobro da largura; se não preparou previamente o solo junte-lhe fertilizante.
  • Regue abundantemente ou mergulhe o vaso em água durante uma hora, retire-o e escorra-o, assim garante que o torrão está húmido junto da raíz.
  • Retire o torrão deitando o vaso e puxando o arbusto pela base.
  • Se existirem raízes enroladas em volta do torrão vai ter de soltá-las senão a planta vai ter dificuldade em enraizar.
  • Coloque a planta na cova e segure-a para ficar direita enquanto preenche o espaço com terra/susbtrato.

Aqui ficam algumas das flores indispensáveis de ter no jardim no outono:

1- Aster (Aster Sp.)

Ciclo de vida: Perene

Época de floração: Outono-inverno

Cor de floração: Cor-de-rosa, branca, vermelha, roxa, etc

Altura: 20-30 cm

Distância de plantação mínima: 20 cm

Condições de cultivo: Sol ou meia-sombra, gosta de solos húmidos e com alguma matéria orgânica. Não se dá bem em zonas muito ventosas.

Utilização: Bordaduras, maciços, floreiras, jardins rochosos.

Manutenção: Podar suavemente depois de terminada a floração.

2- Urze (Calluna Sp.)

Ciclo de vida: Perene

Época de floração: Outono-inverno

Cor de floração: Branca, cor-de-rosa, encarnada

Altura: Até 40 cm

Distância de plantação mínima: 30 cm

Condições de cultivo: Sol, solos ácidos com boa drenagem, ricos em matéria orgânica. Não gosta de zonas com solos muito secos e expostos ao vento

Utilização: Isolado, maciços arbustivos, bordaduras, floreiras.

Manutenção: Não precisa de cuidados de manutenção especiais, apenas limpeza de flores, folhas e ramos secos.

3- Amores-perfeitos (Viola tricolor)

Ciclo de vida: Anual ou bienal

Época de floração: Outono e inverno

Cor de floração: Roxo, amarela, azul, branco

Altura: Até 15 cm

Distância de plantação mínima: 0,15 m

Condições de cultivo: Pleno sol. Solos neutros ou ligeiramente ácidos com bastante matéria orgânica; a mistura de plantação deve ter uma boa percentagem de matéria orgânica (por exemplo: húmus).

Utilização: Em bordadura, floreiras, vasos, comestível com muitas qualidades terapêuticas no tratamento de bronquite, diurético, etc.

4- Ciclâmenes (Cyclamen Sp.)

Ciclo de vida: Perene, por vezes perde a folhagem no verão e volta a rebentar no outono.

Época de floração: Outono, inverno e primavera

Cor de floração: Rosa, salmão, branco, encarnado

Altura: Até 20 cm

Distância de plantação mínima: 20 cm

Condições de cultivo: Solos bem drenados e ricos em matéria orgânica. Meia-sombra.

Utilização: Como planta de interior, ou de exterior em vaso, floreira, bordaduras mosaico-cultura.

Manutenção: Regas frequentes. Devem arrancar-se as hastes florais no final da floração.

5- Folha-de-prata (Leucophyllum frutenscens)

Ciclo de vida: Arbusto perene

Época de floração: Verão e outono

Cor de floração: Lilás

Altura: Até 1,5 m

Distância de plantação mínima: 50 cm

Condições de cultivo: Sol pleno. Solos arenosos. Resiste ao ar do mar. Reage bem a poda frequente.

Utilização: Maciços, bordaduras, sebes, floreiras e vasos, jardins rochosos.

Manutenção: Planta muito rústica, tolera bem períodos de seca. Podar após a floração. Suporta períodos de seca podendo no verão ser regada uma vez por semana.

Fotos: GettyImages

Gostou deste artigo? Subscreva o canal da Jardins no Youtube e siga-nos no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar