Plantas

Callaloo: o espinafre-chinês

Apresentação

Nomes Comuns: Callaloo, kallaloo, bhaaji, amaranthus, Chauli, Amaranth, espinafre‑chines

Nome científico: Amaranthus spp

Origem: América

Família: Amarantácea

Características: Pode ter entre 50‑120 cm de altura. As folhas podem ser verdes, vermelhas, roxas de formas e tamanhos variados. As flores em cachos na ponta dos ramos podem ser verdes, rosas ou roxas. As sementes são pequenas e de cor preta brilhante.

Factos Históricos: Esta planta era consumida há 6700 anos antes de Cristo. A maior área de cultura, foi registada no tempo da civilização Azteca, no México em 1400. Depois da conquista dos espanhóis em 1500, esta cultura, praticamente desapareceu, sendo recuperada apenas no século XX. Foi “Cortez”, conquistador espanhol, que levou para a Europa e mais tarde para África. Muito apreciada na Índia, Caraíbas, África e sudoeste da Ásia, onde foi largamente implantada. A maior área de produção, situa‑se na África do sul.

Ciclo Biológico: Anual

Variedades mais cultivadas: Existem mais de 60 espécies, mas as variedades consumidas pelas suas folhas e sementes são: Amaranthus spinosus (Índia); A .flavus (cor amarela‑ Brasil); A. Viridis (Jamaica); A. Tricolor (três cores‑ Caraíbas), etc

Parte utilizada: Folhas, sementes e caules.

Callaloo usado como ornamental num jardim público em Paris

Condições ambientais

Solo: Gosta de solos francos, ligeiramente ricos em matéria orgânica, bem drenados e profundos. O pH ideal, deve ser 6,0‑7,0.

Zona climática: Tropical, subtropical e temperado.

Temperaturas: Ótimas: 20‑30ºC; Min: 5‑10ºC; Max: 25ºC

Paragem do Desenvolvimento: 18ºC.

Temperatura do solo: 18‑25ºC

Germinação: 13‑18ºC

Exposição Solar: Direta

Humidade relativa: Média‑alta (70‑80%)

Precipitação: 650‑1400 mm/ano, tolerante à seca.

Altitude: Até 0‑1000 m.

Amaranthus Tricolor

Fertilização

Adubação: Estrume de vaca, ovelha, galinha e composto vegetal.

Adubo verde: Azevém, colza, soja, favarola e tremocilha, ou outra leguminosa.

Exigências nutritivas: 2:1:2 ou 3:1:2 (N:P:K)

Técnicas de cultivo

Preparação do solo: Efetuar uma lavoura profunda, para incorporar o composto ou estrume e depois passar uma grade para esmiuçar o terreno.

Data de plantação/sementeira: Primavera (abril‑maio)

Tipo de plantação/sementeira: Em tabuleiros (regar duas vezes por dia), até a semente emergir.

Tempo de germinação: 3‑7 dias

Faculdade germinativa (anos): 1‑2 anos

Profundidade: 1‑1,5 cm

Compasso: 15 x 25 na linha e 50 x 80 cm entre as linhas.

Transplantação: 20‑25 dias depois da sementeira, quando tiverem 15 cm de altura.

Rotação: Com milho e soja. Esta cultura só deve voltar ao mesmo local depois dos 2 anos. (tratar como se fosse uma Brássica ou couve)

Consociações: Com feijão

Amanhos: Monda de ervas, aplicação de “mulching” entre as plantas, podar aos 15 cm para estimular os rebentos laterais.

Regas: Gota‑a‑gota (no verão deve ser efetuada de 5 em 5 dias).

Entomologia e patologia vegetal

Pragas: Lagartas, lagarta mineira, afídios, ácaros, mosca, traças e escaravelhos.

Doenças: Muito resistente.

Acidentes: Sensível a solos com pH baixo e alagamentos.

Amaranthus Tricolor

Colheita e utilização

Quando colher: 45‑60 dias depois da sementeira, a colheita pode ser efetuada de 10 em 10 dias. Para colher as sementes, cortam‑se as flores quando secas e viram‑se ao contrário, para que as sementes caiam em sacos de papel.

Produção: Folhas 40 t/ha e sementes entre 800‑1000 Kg/ha.

Condições de armazenamento: As folhas são colhidas e comercializadas no mesmo dia. as sementes podem armazenar‑se quando tiverem 11% de humidade.

Valor nutricional: Rico em fibras, betacaroteno, vitamina (e), minerais (Cálcio, ferro e zinco) e proteínas ( 15% e aminoácidos). a semente é mais rica em proteínas ( 12‑17%), vitaminas (C e a) e fibras.

Época de consumo: Verão‑outono

Usos: Pode ser consumida cozinhada ou utilizada em saladas, sopas e molhos. A espécie A. polygamus, ganhou a fama de ser afrodisíaca e melhorar a fertilidade.

Conselho de especialista

Planta decorativa que pode ser utilizada em jardins (variedade tricolor, vermelha ou roxa). Algumas variedades são consideradas infestantes, mas são quase todas comestíveis.

Na minha plantação, não tive nenhuma praga ou doença a “atacá-la” e não precisou de muitas regas.

A planta aguenta bem até ao fim de outubro e se a deixarmos evoluir para semente, esta pode auto semear-se no fim do inverno. Muitas sementes são comidas pelos pássaros.

Fotos: GettyImages

Gostou deste artigo? Siga-nos no Facebook, no Instagram e no Pinterest e subscreva o nosso canal no Youtube.

Poderá Também Gostar