Receitas

Filhós da avó

Filhós da avó

Ingredientes

  • 500 g de farinha
  • 3 ovos (à temperatura ambiente)
  • 100 g de abóbora cozida em puré (e muito bem escorrida)
  • 1/2 cálice de aguardente
  • 20 g de fermento de padeiro (ou 5g de levedura seca Fermipan)
  • 50 ml de azeite
  • 1 laranja pequena (sumo)
  • Açúcar amarelo e canela para polvilhar

Preparação

Massa

Numa taça grande coloque os ovos, o azeite e o fermento de padeiro desfeito num pouco de água morna (se a água estiver muito quente ou muito fria as filhós não levedam).

Misture tudo muito bem e acrescente depois, cerca de metade da farinha. Amasse bem e junte agora a aguardente, o puré de abóbora e o sumo de laranja.

Aos poucos vá juntando a restante farinha, amassando bem até obter uma massa semelhante a uma massa de pão. Amasse bem durante alguns minutos – a massa tem de ser bem batido e sovada – e tape depois com um pano deixando repousar num local longe das correntes de ar e do frio.

Ao fim de cerca de 3 horas a massa deve estar bem leveda e pronta a fritar.

Tender

Numa taça coloque um pouco de azeite para ir molhando as mãos ao tender a massa, e leve um tacho ou fritadeira ao lume com óleo vegetal e deixe aquecer. Precisa de ajuda para esta parte. Enquanto uma pessoa tende as filhós, outra terá de as ir virando.

Molhe as mãos no azeite e retire uma bolinha de massa – que deve ter o tamanho de uma bola de ping-pong ou uma ameixa pequena.

Com as mãos engorduradas tenda a massa de modo a que esta vá ficando muito fina ao centro, quase transparente, mas sem romper, e com umas bordas mais gorduchas.

Fritura

Coloque depois a filhó tendida no óleo quente e deixe fritar de um lado até ficar dourada, e vire depois deixando fritar do outro lado. Retire e deixe escorrer um pouco. Depois polvilhe com um pouco de açúcar amarelo e canela enquanto estão quentes.

Repita até esgotar a massa.

Para se conservarem mais tempo sem secar, guarde-as dentro de um saco bem fechado ou, como fazia a minha avó, dentro de uma panela fechada.

Delicie-se e bom Natal!

Foto: Joana Roque

Gostou deste artigo? Subscreva o canal da Jardins no Youtube e siga-nos no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar