Aromáticas e Medicinais

Fumaria, uma planta amiga da saúde

A fumária (Fumaria officinallis) também é conhecida pelo nome de erva-moleirinha, catarinas-queimadas ou erva-pombinha. No Brasil tem o nome de capnóida, fumo-da-terra, molarinha ou fel-da-terra. Esta planta é nativa da Europa mas cresce também em África, Ásia e américas. Ao que tudo indica, a origem do seu nome possa estar relacionado com a cor da folhagem.

Apesar de ter atualmente ter caído em desuso, esta planta era conhecida na Antiguidade pelas suas propriedades medicinais; Dióscórides, no séc. I, e Galeno, no séc. II, mencionam a sua utilização para tratar problemas hepáticos.

No séc. X, os médicos árabes também elogiavam as suas propriedades e no séc. XVI Mattioli, conhecido médico e botânico Italiano, grande tradutor da obra de Dióscórides, também a mencionou como remédio específico para tratar “problemas das vísceras abdominais”.

Características e habitat

A fumária é muito comum no nosso país e cresce um pouco por todo o lado: em terrenos cultivados ou incultos, bosques ou beiras de caminhos, muros ou hortas. É uma planta herbácea anual de caule verde, glauco e frágil, folhas cinzento-esverdeadas muito divididas em segmentos lineares, flores tubulares, cor-de-rosa púrpura ou brancas com extremidades castanho-avermelhado. Cheiro acre e sabor muito amargo. Alguns botânicos consideram-na da família das Papaveráceas, outros das Fumariáceas.

Constituintes e propriedades

Contém taninos, alcaloides, potássio e ácido fumárico. É usada para tratar, principalmente, problemas do fígado e da vesícula, cólicas intestinais, enxaquecas relacionadas com a função hepática. Tem propriedades depurativas do sangue, diuréticas e laxativas. Em uso externo trata problemas da pele, como eczemas.

Tinturaria

As flores produzem um corante amarelo utilizado para tingir lãs.

Precauções

Devido à ação dos alcaloides, deve ser usada com acompanhamento profissional. Desaconselhada em casos de gravidez ou aleitação, glaucoma, hipertensão ou epilepsia.

Fotos: GettyImages

Gostou deste artigo? Subscreva o nosso canal no Youtube e siga-nos no Facebook, no Instagram e no Pinterest

Poderá Também Gostar