Aromáticas e Medicinais

Mostarda, uma aromática sem igual

Várias são as espécies de mostarda existentes, e, ao contrário do que pode pensar, estas podem ser consumidas como verduras desde que sejam novas. Este é o caso das cultivares de mostarda oriental, por exemplo. Fique a conhecer neste artigo os três tipos mais comuns, aplicações e condições de cultivo.

Brassica juncea

Pode ser conhecida como mostarda oriental, mostarda-marrom, mostarda-castanha, mostarda-da-índia ou mostarda-da-china. Esta mostarda é a mais utilizada e apreciada como verdura e possui cultivares de folhas verdes, avermelhadas, roxas, folhas lisas e crespas. Tem um caule bastante desenvolvido e produz raízes comestíveis. Tendo em conta as suas subespécies, podem ser consumidas as folhas, flores, sementes, caules e raízes na alimentação. As sementes são utilizadas para fabricar o condimento mostarda, em pratos culinários e para a obtenção de óleo.

Brassica nigra 

Denominada mostarda-preta, esta planta pode ter mais de 2 metros de altura. As sementes desta espécie são ricas em lípidos, acabando por ser usadas na fabricação de óleo e para a condimentação e obtenção da mostarda em vários pratos culinários. Não é utilizada como verdura, no entanto as folhas e rebentos podem ser consumidas cozidas.

Sinapis alba

Também é chamada de Brassica alba ou Brassica hirta. Comumente apelidada de mostarda-branca ou mostarda-amarela, esta espécie pode atingir 1,6 metros de altura. Com sementes de cor amarela, bege ou castanho-clara, esta planta é a mais utilizada para fazer o condimento mostarda. Não é consumida como verdura, mas as suas folhas podem ser cozidas quando colhidas antes da floração.

Condições de cultivo

Zona climática: Prefere um clima ameno, idealmente não ultrapassando os 27 ºC. Suporta um clima quente, porém a produção e a qualidade das suas sementes poderá ser prejudicada caso a temperatura seja muita alta na altura da floração e do crescimento das vagens. Suporta geadas.

Luminosidade: Sol direto ou semissombra

Rega: Manter o solo sempre húmido, sem que fique encharcado.

Solo: Gostam de solos ricos em matéria orgânica, bem drenados e de preferência com um pH acima de 6.

Plantação: Devem ser semeadas diretamente em lugar definitivo. Podem também ser cultivadas em módulos, vasos e transplantadas assim que estiverem mais desenvolvidas.

Espaçamento: O espaçamento varia de acordo com a espécie e cultivar em questão: na mostarda-branca e mostarda-preta com uma distância de 30 a 40 cm e na mostarda-oriental com um espaçamento de 15 a 35 cm.

Colheita das folhas: 40 a 70 dias após a plantação.

Colheita das sementes: 2 a 5 meses após a plantação. As sementes da mostarda-branca e mostarda-preta deve ser colhidas antes de secarem. As sementes da mostarda-oriental devem ser colhidas quando estiverem totalmente secas.

Fotos: GettyImages

Fonte: Hortas.Info

Gostou deste artigo?
Então leia a nossa Revista, subscreva o canal da Jardins no Youtube, e siga-nos no Facebook, Instagram e Pinterest.


Poderá Também Gostar