Tarefas da Semana

Tarefas da semana: 5 a 11 de julho

Uma semana em que as temperaturas vão subir muito um pouco por todo o pais. As plantas na sua maioria vão necessitar de um reforço de rega e também uma atenção adicional a pragas e doenças, bem como a infestantes que com a rega e o calor, aumentam em grande quantidade.

Nos dias 5 e 6 pode semear ou plantar os seus frutos 

Framboesas

Framboesas

Cada vez há mais pessoas a quererem cultivar frutos vermelhos, são saudáveis, deliciosos e são fáceis de cultivar.

As framboesas são plantas arbustivas que crescem como trepadeiras, uma espécie de silvas. Convém encostá-las a uma parede ou muro, ou a uma estrutura de apoio do tipo espaldeira.

Pode atá-las para garantir que ficam seguras. São plantas com picos, por isso convém utilizar luvas quando as plantar. 

Quando compra as suas framboesas, certifique-se que compra uma espécie remontante (que vai frutificar no lenha/ramo do ano) e não uma não remontante, que frutifica nos ramos do ano anterior, pois neste último caso deverá ter muito cuidado com a poda para não comprometer a frutificação. 

Escolhi uma variedade muito interessante que na mesma planta tem frutos vermelhos e amarelos.

Condições de cultivo

Estas são plantas que necessitam de zonas com pelo menos 4 a 5 horas de sol direto por dia mas também necessitam de horas de frio para frutificar.

É muito importante a qualidade do substrato que se utiliza pois elas precisam de substratos com textura média, ricos em matérias orgânica e com um pH ligeiramente ácido.

Como plantar 

Podem ser plantadas em qualquer época do ano, principalmente no outono, inverno e início da primavera, e se as plantar agora no verão deve dar especial atenção à rega.

Como todos os frutos vermelhos têm a mesma exigência em termos de substrato vamos aproveitar o espaço no vaso e plantar em volta da framboesa, morangueiros também eles remontantes para que tenhamos várias frutificações ao longo do ano.

Propriedades medicinais e benefícios das framboesas

Excelentes para dietas, pois são ricas em nutrientes e baixas em calorias.

Tem uma elevada ação antioxidante graças à presença da vitamina C, que tem muitas funções no organismo, nomeadamente, melhorar a absorção de ferro, estimular a circulação e ter uma ação vasodilatadora.

Nos dias 7 e 8 pode semear ou plantar as suas raizes

Funcho

funcho

O funcho é muito fácil de cultivar e é também uma planta muito ornamental e aromática, para ter na horta e no jardim, e até em vaso ou floreira.

O bolbo de funcho é muito apreciado em França, onde é consumido cru e também assado.

Pode ainda consumir as folhas, as sementes e as raízes, que também têm propriedades nutritivas e até medicinais, é o caso do funcho, que pode consumir as folhas, as sementes e a raiz. 

Condições de cultivo

Esta planta é pouco exigente quanto ao tipo de solo. Esta planta gosta de zonas com sol e calor. Regas regulares apenas quando está calor. É fácil de cultivar em vaso desde que o vaso tenha alguma profundidade.

Como semear

Pode fazer-se a sementeira direta em qualquer época do ano.

Propriedades medicinais do funcho

São muitas as propriedades medicinais do funcho: antiespasmódico, antirreumático, antibiótico, expetorante e relaxante muscular entre outras. 

Nos dias 9 e 10 pode semear ou plantar as suas flores

Sardinheiras

Pelargonium hortorum Flowers in a pot on the windowsill

Normalmente conhecidas por sardinheiras ou gerânios, são das plantas favoritas dos portugueses, para usar no jardim, na varanda, no terraço ou na floreira de janela.

São plantas muito resistentes e fáceis de cuidar e têm a grande vantagem de estar quase todo o ano em flor. Há mais de 200 espécies de sardinheiras diferentes, mas em Portugal as mais utilizadas são: 

1. Pelargonium zonale

É talvez o mais vulgar e mais tradicional, tem um porte ereto e usa-se no jardim, canteiros, floreiras e vasos. As folas são peludas e arredondadas.

2. Pelargonium peltatum

Esta é a planta ideal para colocar em floreiras de janela ou de varanda e também em cestos suspensos. Tem um porte pendente, flor singela e exuberante, formando uma cascata de flores. 

3. Pelargonium graveolens

Esta sardinheira tem uma bonita flor cor-de-rosa, destaca-se pelo aroma a citronela que é ótimo para afastar mosquitos.

4. Pelargonium grandiflorum

Tal como o Pelargonium zonal também esta sardinheira tem um porte ereto, as folhas perfumadas com as bordas serrilhadas, flores grandes e muito decorativas. A floração é especialmente intensa durante a primavera.

Condições de cultivo e de manutenção

Precisam de 5 a 6 horas de sol direto por dia, deve utilizar-se um substrato fértil e bem drenado.

Deve fertiliza-se mensalmente de abril a outubro, deve usar um adubo específico.

Regas regulares no período de mais calor.

Durante o período de floração deverá podar ligeiramente as hastes mais compridas e as flores secas para promover a ramificação e o aparecimento novas flores.

No dia 11 pode semear ou plantar as suas folhas

Couves kale

Couve frisada

Comer legumes de folhas verdes, ricos em fibra é muito bom para a saúde, e as couves em espacial são um excelente alimento. As couves são imprescindíveis na dieta mediterrânea e está provado que o seu consumo faz muito bem à saúde em geral.

São muito fáceis de cultivar e há neste momento uma série de couves diferentes no mercado, desde a tradicional couve-portuguesa, a penca, a coração, a lombarda até à famosa frisada (kale) que está tanto na moda por ser uma excelente fonte de proteína.

Esta é daquelas couves que se pode consumir fresca, em saladas ou smoothies, mas que também é deliciosa salteada, cozida, etc.

Condições de cultivo

Não são exigentes em termos de tipo de solo, desde que este seja bem drenado. Gostam de zonas com muito sol, devem ser regadas quando está muito calor. 

Como semear 

Pode fazer sementeiras em cuvetes e mais tarde transplantá-las. São fáceis de cultivar em vaso ou floreira, desde que este tenha pelo menos 40 cm de profundidade para que as raízes se desenvolvam em boas condições.

Propriedades medicinais e benefícios das couves

O seu consumo regular reforça o sistema imunitário, são um excelente antioxidante, principalmente as que têm as folhas de cor verde mais escura. Favorecem a saúde dos ossos e do coração.

Gostou deste artigo?
Então leia a nossa Revista, subscreva o canal da Jardins no Youtube, e siga-nos no Facebook, Instagram e Pinterest.


Poderá Também Gostar