Tarefas da Semana

Tarefas da semana: 6 a 12 de dezembro

Uma semana em que as temperaturas baixam bastante e em que a chuva se faz sentir um pouco por todo o pais. Aproveite para fazer a sua árvore de Natal natural, ou pelo menos algumas decorações utilizando elementos naturais como plantas, flores, frutos e pinhas. Pode até aproveitar um passeio no campo para apanhar folhas, ramos e frutos que nesta época caem muito no chão.

Nos dias 6, 7 e 8 pode semear ou plantar frutos

Morangos

Pode começar já a transplantar e a dividir um dos frutos mais apreciados na primavera e no verão, os morangos. Tenha em atenção que há dois tipos de morangueiros: os remontantes (crescem continuamente entre junho e outubro, são os mais interessantes para ter na horta ou no jardim, ou mesmo em vaso) e os não remontantes (que apenas produzem morangos uma vez entre abril e junho) começam mais cedo mas produzem menos tempo. Pode plantar os remontantes agora no inverno nas regiões menos frias, pois aguentam algum frio no inverno, começam a florescer na primavera. 

Condições de cultivo

Os morangos para se desenvolverem em boas condições fitossanitárias e para produzirem bastantes frutos necessitam de pelo menos 6 horas de sol direto por dia. Não toleram a secura e preferem um solo com pH entre 5,3-6,5. Se tiverem espaço e quiserem ser autónomos na produção de morangos, devem plantar 30 morangueiros ( para uma família de 4 pessoas).

Deixe uma distância entre linhas de 1 m e entre plantas de 50-60 cm. A produção de morangos é melhor se o solo se mantiver fresco e húmido, para tal pode recorrer à utilização de mulching com palha (o nome em inglês strawberry é exatamente por isso “baga da palha”.

Propriedades medicinais e benefícios dos morangos 

São frutos pouco calóricos e quando comidos frescos ajudam a controlar os níveis de açúcar no sangue, são adequados para dietas de emagrecimento e também para diabéticos. É um antioxidante natural, promovendo a saúde ocular, é também um anti-inflamatório natural. Rico em vitaminas C e B6, em ácido fólico, ómega 3, fósforo, magnésio, manganês e ainda em potássio, um vasodilatador natural, o que torna um excelente aliado do coração.

Os dias 9, 10 e 11 são os ideias para semear e plantar as suas flores e arbustos

Gengibre 

Cada vez mais utilizado pelas suas propriedades medicinais, condimentares e aromáticas, o gengibre é bastante fácil de propagar e de cultivar em casa.

Como cultivar

 Convém deixar cerca de 15 dias num local fresco e húmido, para que germine e forme raízes e folhas. Depois desse período pode dividi-lo e plantar em vários vasos, com uma mistura de substrato e húmus de minhoca pois necessita de substrato rico em matéria orgânica. Em principio irá germinar e crescer com facilidade e pode fazer a colheita quando as folhas estiverem amarelas, pois é um rizoma. Pode optar por deixar uma parte plantada e cortar só metade.

Utilização

Pode ser usado em bebidas, temperos de carne, marisco, vegetais, sobremesas, etc. 

Propriedades

Anti-inflamatório, antioxidante e anti tumoral entre muitas outras. Recomenda-se para a rouquidão, constipações, enjoos, etc. Pode tomar-se em gotas, chás, rebuçados.

Receita:

A infusão de Gengibre, limão e mel é muito eficaz. Deve deixar ferver durante 5 ou 10 minutos o gengibre e a casca de limão. Côa-se e acrescenta-se o mel a gosto.

O dia 12 é o ideal para semear e plantar as suas flores e arbustos

Euryops

As flores são sempre uma peça fundamental do jardim, da varanda ou do terraço, quer sejam de época, de herbáceas ou arbustos perenes, são absolutamente indispensáveis para que o seu outono e inverno sejam muito floridos. Há plantas intemporais e que são sempre a cahamada escolha segura, pois a sua floração prolongada e resistência são muito grandes.

Os euryops, são uma espécie de malmequeres com longa e exuberante floração amarela, transformam o espaço enchendo-o de flores amarelas, esta é uma opção muito resistente, até ao ar do mar, e, estão em flor praticamente todo o ano, gostam de zonas com muitas horas de sol direto. 

Condições de cultivo

Qualquer tipo de solo, desde que bem drenado. Gostam de zonas com muito sol e conseguem cultivar-se bem em floreiras grandes.

Plantação e manutenção

Devem ser fertilizados quando da plantação, fazer uma boa cova e adicionar o fertilizante, de preferência orgânico e incorporar. Pode fertilizá-los duas vezes por ano, na primavera e verão. Devem ser ligeiramente podados a seguir à floração para garantir uma boa fitossanidade da planta e boas florações nas estações seguintes.

Os dias 10, 11 e 12 são os melhores para combater pragas

Embora nesta época de final de outono com a baixa de temperatura diminuam algumas pragas, há outras como as lagartas que estão bastante ativas. Combata-as com recurso ao uso de bicarbonato ou pimenta de caiena, deve dissolver em água e pulverizar.

Gostou deste artigo?
Então leia a nossa Revista, subscreva o canal da Jardins no Youtube, e siga-nos no Facebook, Instagram e Pinterest.


Poderá Também Gostar