Cultivar Bio

12 tarefas de fim de verão para fazer já

Depois do calor, das regas diárias, das florações e frutificações exuberantes, as plantas preparam-se para o outono; muitas são as tarefas que deve fazer já para que estejam saudáveis todo o ano.

1. Limpar

Limpe flores, folhas e ramos secos. A ideia nesta época do ano é aliviar as plantas de todo o cansaço do verão para que fiquem revitalizadas e rejuvenesçam.

2. Remover

Remova a camada superficial de substrato nos vasos e nas floreiras, revolva com um ancinho e adicione fertilizante natural (estrume ou húmus de minhoca). Com esta renovação de substrato, prolonga a vida das plantas em vaso e melhora o seu estado fitossanitário.

3. Mudar

Mude de vaso as plantas (para um ligeiramente maior) que apresentarem sinais de necessitar: não crescem, dão pouca flor, caem-lhes as folhas, as folhas ficam amarelecidas ou descoradas. Deve ter o cuidado de drenar o vaso, colocando uma camada de argila expandida e geotêxtil. Por cima, colocar substrato adequado à planta que se vai transplantar. Muita atenção à rega no período pós-mudança de vaso.

4. Podar trepadeiras

Pode as trepadeiras em final de floração, buganvílias, glicínias, plumbago, dipladenias, etc. Estão em floração muitas vezes desde a primavera; está na hora de lhes cortar as florações, ramos e folhas secas para lhes dar uma nova vida.

Limpa-garrafas.

 

5. Podar limpa-garrafas

Pode os limpa-garrafas (Calistemum citrinus) , aproveitando para lhes diminuir um pouco a copa se for caso disso. Remova as florações antigas e pode os ramos secos, doentes, cruzados ou mal inseridos (que crescem num sentido contrário à forma que pretende para a planta).

6. Dividir

Comece a fazer a divisão por tufos de plantas como as gazânias, agapantos, acantos, rudbéquias ou equináceas. Esta é uma boa época para levantar os canteiros onde estas plantas estão, limpá-las, renovar o substrato e dividi-las em tufos, replantando-as no mesmo local e/ou em outros. Desta forma, poupa muito dinheiro na compra de novas plantas.

Roseira.

 

7. Podar roseiras

Pode as roseiras trepadeiras e aproveite para fazer estacas das mesmas para conseguir reproduzi-las com sucesso.

8. Fertilizar

Faça uma fertilização com húmus, matéria orgânica ou composto em todos os arbustos. Crie uma caldeira à volta destes (como se fosse uma caldeira de rega, mas mais funda) e coloque o composto/húmus. Envolva com a terra e regue bem. Esta operação irá ajudar os arbustos a recuperarem do verão.

Canas-da-Índia.

9. Cortar

Corte as canas-da-índia ( Canna indica ). Após a floração terminar, aproveite para lhes fazer uma redução na altura, retirá-las da terra, dividi-las e voltar a plantar adicionando composto/húmus para se desenvolverem mais para a próxima época.

10. Recolher

Recolha sementes das plantas anuais que estão em fim de ciclo, cosmos, zínias, cravos-túnicos, sálvias, goivos, ervilhas-de-cheiro, para garantir sementes para a próxima primavera.

11. Semear

Comece já a fazer as suas sementeiras de anuais de outono e inverno: margarida-inglesa (Bellis perene) , amores-perfeitos (Viola tricolor) , prímulas (Primula acaulis) podem ser boas opções. Faça as sementeiras em tabuleiros/caixas de ovos ou caixas de fruta e transplante-as apenas quando tiverem pelo menos o tamanho de um polegar.

12. Podar trepadeiras de folhagem verde

Pode as trepadeiras de folhagem permanente verde, como a hera ou fi cus , aproveite para remover ramos secos desde a base e cortar todas as pontas que estejam grandes demais e a invadir o terreno do lado. No caso da hera, que é uma planta muito agressiva em termos de crescimento, esta operação pode e deve ser feita várias vezes ao ano.

Fotos: Thinkstock

Siga a Jardins no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar