Vera Nobre da Costa

Psicóloga e gestora que escreve sobre jardins.

Apaixonada pelo Japão, Vera Nobre da Costa não dispensa por nada o contacto com a terra e a natureza.  Se fosse uma planta seria o Pinheiro Manso, mas por agora não há nada que a faça sentir melhor do que ver plantas felizes e música clássica. No futuro sonha com um mundo mais sustentável e com menos plástico.

Gostou deste artigo?
Então leia a nossa Revista, subscreva o canal da Jardins no Youtube, e siga-nos no Facebook, Instagram e Pinterest.


Todos Os Artigos Por

Vera Nobre da Costa

  • Regresso a Fronteira

    O Palácio Fronteira é um local mágico onde confluem vários estilos: terraços em parterre do Renascimento, elementos do Barroco como a Casa de Fresco, tanques de água parada típicos do jardim…

  • lake district
    Inspirações

    Visita ao Lake District

    Três horas e meia de comboio separam Londres do Lake District, situado na região de Cúmbria, a noroeste de Inglaterra. São três horas e meia em que somos transportados da confusão…

  • bacalhoa
    Decoração

    O encanto da Bacalhoa

    As minhas deambulações pelos jardins portugueses levaram-me até à Quinta da Bacalhoa, em Azeitão. Confesso que ia cheia de curiosidade. Esta quinta histórica foi objeto de polémica, desde que adquirida pelo…

  • jardins de mateus
    Inspirações

    Os jardins de Mateus

    Este é um dos jardins mais bonitos para visitar em Portugal. O seu solar, é um esplêndido exemplar do Barroco construído em finais do séc. XVIII, e da autoria do arquiteto italiano…

  • paisagem alentejana
    Viagens

    Itinerário pela paisagem alentejana

    Desta vez, tratou-se de um itinerário de três dias pela paisagem alentejana. Esta, embora por mim já visitada, revelou-se bem diferente, mais moderna, limpa, mas autêntica, ainda não estragada pelo turismo…

  • glynderbourne
    Viagens

    Conheça o jardim de Glynderbourne

    Um convite generoso de amigos ingleses para assistir à ópera Madama Butterfly de Puccini, no famoso Festival de Glyndebourne implicava uma situação insólita: tínhamos de ir de comboio de Londres para…