Inspirações

Como ter canteiros organizados

Construir um canteiro implica seguir diversos princípios e regras para que possa obter o máximo rendimento do espaço e para que o resultado final seja do seu agrado.

Princípios básicos

Regra geral, o canteiro pode ser construído ao nível do solo ou mais elevado, com as dimensões e materiais pretendidos.

Pode utilizar o solo existente no local ou enriquecê-lo com fertilizantes e aditivos adequados para o tipo de plantas a colocar.

É possível plantar qualquer tipo de cultura, desde aromáticas a vegetais, flores, arbustos ou qualquer outra que pretenda.

O limite será o espaço e o local onde estamos a criar o canteiro. Se optar pela criação de um canteiro elevado, existem as seguintes vantagens:

  • A temperatura aquece mais rapidamente na primavera, permitindo trabalhar o solo e as plantas mais cedo;
  • A drenagem é realizada mais facilmente;
  • A pós a fase inicial de construção, requerem menos manutenção;
  • É mais fácil de trabalhar o solo de acordo com as plantas a colocar.

Escolha do local

Se pretende plantar vegetais ou plantas que gostam de sol, localize o seu canteiro numa zona que receba pelo menos 8 horas de luz do sol por dia. O local deve ser plano e estar perto de uma fonte de água.

Deve também garantir que existe espaço no canteiro para poder trabalhar.

Forma e tamanho

A forma e o tamanho dos canteiros são escolhas importantes para garantir o acesso a todas as suas zonas sem danificar o que está plantado.

Para isso, existem dois tipos de canteiros:

  • Em ilha, acessíveis por todos os lados do canteiro;
  • Encostados a paredes ou muros, acessíveis de uma forma geral por um ou dois lados.

Qualquer que seja a sua escolha, tenha em consideração a largura do canteiro. No caso do canteiro em ilha, o ideal é estabelecer uma largura que lhe permita aceder ao meio do canteiro por ambos os lados.

No outro caso, a largura deve ser pensada para que possa de um dos lados do canteiro aceder ao outro e também trabalhar o solo em profundidade quando necessário.

Da mesma forma que a largura é importante, a altura também, nos casos em que optar pela concepção de um canteiro elevado.

Esta deve estar adequada ao tipo de planta a cultivar, de modo a garantir o bom desenvolvimento das raízes e da planta.

Preparação do solo

Comece por eliminar a vegetação existente antes de analisar as condições do solo. A escolha do solo deverá ser adequada às plantas a colocar.

Há plantas que gostam de solos ácidos; há plantas que se dão bem em solos pobres e há plantas que precisam de mais nutrientes para se desenvolverem.

Uma vez colocado o solo necessário no canteiro, nivele de forma a obter a topografia desejada. Em seguida plante com o espaçamento aconselhado para as espécies que selecionar.

Tenha sempre em consideração a largura do canteiro

Construção

Existem diversos materiais que podem ser utilizados. A madeira é provavelmente a mais fácil de trabalhar e de encontrar em diversas formas para uma fácil utilização.

De entre muitas, a madeira de cedro é uma das mais resistentes, chegando a durar 10 anos até começar a deteriorar-se.

Escolha madeiras tratadas ou então aplique um tratamento que permita à madeira estar em contacto constante com o solo e água, além das intempéries naturais.

Existem outras escolhas possíveis desde o ferro, aço galvanizado, pedra, tijolo ou kits pré-fabricados.

Se optar por estes e tendo em conta que poderá mais tarde querer mudar o canteiro para outro local, escolha materiais leves para um fácil transporte.

Se já tiver um sistema de rega instalado no jardim, veja se consegue fazer uma derivação ou situar o canteiro num local que fique abrangido pelo sistema já existente.

A disposição das plantas devem ter em conta o seguinte:

  • Canteiro em ilha – as mais altas situadas no meio e as mais baixas junto à bordadura.
  • Canteiro de parede ou muro – As mais altas atrás e as mais baixas à frente.

Desta forma as plantas recebem a luz de igual forma. Visualmente poderá contemplá-las dos vários ângulos possíveis, mantendo sempre uma imagem de conjunto.

Aproveite a sua criatividade e imaginação e conceba um canteiro do qual se irá orgulhar.

Gostou deste artigo?
Então leia a nossa Revista, subscreva o canal da Jardins no Youtube, e siga-nos no Facebook, Instagram e Pinterest.


Poderá Também Gostar