Manutenção Geral Pragas e Doenças

Inseticida caseiro para combater afídios

inseticida caseiro

Os afídios, vulgarmente conhecidos por piolhos das plantas ou pulgões, são insetos pequenos que se alimentam sugando a seiva das plantas.

Como detetar a presença de afídios

A sua ação é detetada pela observação direta dos indivíduos na planta, ou pelo aspeto peganhento que as plantas adquirem na sua presença. Isto deve-se ao facto de estes insetos excretarem açúcar durante a sua alimentação, o que forma na superfície das plantas uma camada pegajosa. É muito normal que esta camada seja colonizada por fungos que aproveitam o açúcar disponível formando um característico aspeto negro a que se dá o nome de fumagina.

Insetos auxiliares

Os principais problemas que a atividade dos afídios tem para as plantas são o seu enfraquecimento pela retirada de nutrientes e redução da fotossíntese pela cobertura com fumagina.

Estes insetos reproduzem-se rapidamente, uma vez que as fêmeas produzem outras fêmeas sem necessidade de porem ovos. Têm muitos inimigos naturais, o mais conhecido é a joaninha. No controlo das populações de afídios, deveremos sempre contar com estes insetos auxiliares, no entanto, a praga frequentemente atinge níveis que justificam uma “correção” mais célere.

Inseticidas caseiros

Existem inúmeros pesticidas autorizados para afídios, mas é muito fácil fazer uma receita caseira, que pode ajudar a controlar a praga, com menores efeitos secundários para os insetos auxiliares. Uma das opções é a utilização de um inseticida à base de sabão ou detergente e que pode ser feito em casa. Esta opção é útil para todos os insetos pequenos e de corpo mais frágil como cochonilhas, tripes, psilas, mas também ácaros como o aranhiço-vermelho.

Ingredientes
  • Água
  • Detergente (loiça)
  • Dentes de alho ou pimentos picantes
Materiais
  • Pulverizador de jardim
  • Colher ou utensílio para mexer a calda
Preparação:
  • Dilua 1 colher de chá de detergente de loiça por litro de água. Pique um dente de alho grande ou 1 piripíri grande por litro de água e adicione à mistura.
  • Pulverize de imediato as plantas, tentando sempre molhar bem as zonas onde se encontram os afídios. Verificar passados dois ou três dias e, se necessário, repetir. Tenha sempre em atenção se as plantas não estão queimadas por ação do sabão.

O sabão dissolve as ceras que cobrem o corpo dos afídios deixando-os desprotegidos quanto à desidratação. São insetos frágeis e morrem em poucas horas após a aplicação desta mistura. A adição de alho ou outro repelente como piripíri pode melhorar a ação desta pulverização uma vez que aqueles indivíduos que não morrerem poderão ser motivados abandonar a planta.

Dado que se reproduzem rapidamente poderá ser necessário aplicar várias vezes a mistura para que se consiga baixar suficiente o número de indivíduos. Convém avisar que o sabão pode danificar algumas plantas. Assim, em caso de dúvida, deve fazer-se um pequeno teste numa parte da planta para confirmar se esta é danificada ou não.

Fotos: GettyImages

Gostou deste artigo? Subscreva o canal da Jardins no Youtube e siga-nos no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar