Tarefas da Semana

Tarefas da semana: 31 de março  a 7 de abril

Nesta primeira semana de abril, para não contrariar o provérbio “ em abril águas mil” a chuva chegou! O que é uma excelente novidade para as plantações e sementeiras deste inicio de primavera. As temperaturas muito altas que se têm feito sentir nas últimas semanas não são o ideal nesta época do ano, pois fazem com que os cuidados com a rega tenham de ser redobrados.

Aproveite esta semana para plantar as maravilhosas próteas no seu jardim, a Protea Little Prince é sempre uma excelente ideia!

 

No dia 31 pode plantar ou semear raízes

Cenouras

Cenouras

Este é considerado  um dos legumes mais populares do mundo, originária do Irão e Afeganistão, é cultivada há mais de 1000 anos pelos benefícios das suas folhas, comestíveis e aromáticas. A cenoura é usada na alimentação há muitos séculos e pode consumir-se de 1001 maneiras, crua, assada, cozida, salteada.. em sumos, entradas, pratos principais, acompanhamentos e sobremesas. Por todas estas razões é imprescindível ter cenouras na sua horta.

É uma das plantas de raiz mais versáteis e mais fáceis de cultivar é a cenoura. Há muitas variedades de cenouras de cores e formas, embora as mais vulgares sejam as cor de laranja compridas. Há cenouras roxas, amarelas e encarnadas e algumas redondas.

Condições de cultivo

  • Prefere temperaturas entre os 16ºC – 22ºC embora tolerem temperaturas até 7ºC ou até 30ºC. Gosta de zonas com muitas horas de sol direto, embora tolere crescer à sombra desde que tenha muita luz.
  • O solo deve ser profundo, leve, sem pedras para que as raízes não fiquem tortas e danificadas e deve ser bem drenado. Consegue desenvolver-se em solos argilosos desde que não esteja compactadas.
  • Necessita de regas regulares, gosta do solo sempre húmido.
  • Faça a sementeira em local definitivo. Semeie em linhas afastadas entre si de 15-30 cm e afastamento entre plantas de 5 cm. Pode semear em vaso ou floreira desde que estes tenham pelo menos 30-35 cm de profundidade.
  • Tenha o cuidado de mondar as ervas daninhas para que estas não entrem em competição com as cenouras. A colheita é feita 60-120 dias após a plantação, para ter cenouras frescas durante um período mais longo, faça um escalonamento e semeie a cada três semanas.

Propriedades medicinais e benefícios da cenoura

É um bom alimento para diabéticos pois tem baixo teor glicémico. Fonte natural de vitamina A que é excelente para a saúde dos olhos. Fonte de vitamina C, antioxidante poderoso, vitamina K, e vitamina B6 que previne a anemia e problemas de crescimento, muito importante no caso das crianças.

 

Nos dias 1 e 2  deve semear ou plantar as suas flores e arbustos

Próteas

Próteas

 

Estive esta semana em Itália na Toscânia a convite da Flora Toscana (https://www.floratoscana.it/home/)  o maior produtor de próteas da Europa. Vim ainda mais rendida a estas plantas do que já era! São lindas, resistentes, com florações diversificadas e distribuídas ao longo do ano… não dá para ficar indiferente.

Há uma enorme escolha entre proteas, telopeas, banksias, Leucandendron, Leucospermum. Escolha as que mais gostar e plante no seu jardim, na sua varanda ou no seu terraço. Participe no passatempo que  lançámos hoje e habilite-se a ganhar uma viagem a Florença. Clique: aqui. 

A família das proteáceas existe há 95 milhões de anos, quando os continentes ainda não se tinham separado e os dinossauros habitavam a Terra. Além de antiga, a família das proteáceas é muito extensa: tem mais de 83 géneros com cerca de 1,660 espécies.

O género prótea tem cerca de 100 espécies. As próteas podem ser pequenos arbustos ou árvores, dependendo da espécie.  Veja o vídeo “Como plantar próteas”: aqui.

Condições de cultivo

  • Estas plantas precisam de solos bem drenados, ácidos e pouco férteis. No primeiro ano, as próteas precisam de mais água, pois as raízes estão a desenvolver-se. A partir do segundo ano, uma rega por semana em períodos de secura basta.
  • As próteas adoram o sol direto.
  • Se não tiver jardim, também pode tê-las em vasos. Nestes casos, garanta um substrato bem drenado. Este deve ainda ser ácido e não ter fertilizante.
  • No verão, regue abundantemente uma vez por semana  e adicione fertilizante sem fósforo. No outono, faça isto apenas quinzenalmente.
  • No caso de zonas muito frias, tenha o cuidado de no inverno de as proteger com uma manta térmica, própria para plantas e que se vende em hortos, cooperativas e centros de jardinagem.

 

Nos dias 3,4 e 5 deve semear ou plantar folhas

Rúcula

 

Rúcula

Esta é uma planta deliciosa, com um sabor picante, muito fácil de cultivar e de cuidar, na horta, no jardim e até em floreira ou vaso. As suas folhas podem ser consumidas cruas, cozidas ou refogadas, muito utilizada em inúmeros pratos culinários. Para além das folhas as suas sementes também são consumidas, podendo substituir as de mostarda. É indispensável para as saladas e sanduíches de verão. Pode até semear já em grande quantidade para poder colher durante todo o verão.

Condições de cultivo

  • Gosta de temperaturas amenas (16-22ºC), sol direto e luz.
  • Prefere colos bem drenados, férteis, ricos em matéria orgânica e com pH 6-7.
  • Necessita de regas regulares.  Semeie em local definitivo, a uma profundidade não superior a 0,5 cm.
  • Normalmente as sementes germinam em 4 a 8 dias e estão prontas para ser consumidas em 20.60 dias.
  • Pode optar por arrancar toda a planta ou apenas por retirar as que têm as folhas maiores.

Propriedades medicinais e benefícios da rúcula

Fonte poderosa de vitaminas A, C e K, fundamental na manutenção da saúde ocular também pela sua riqueza em carotenoides que desaceleram o processo degenerativo dos olhos e da pele. Fortalece o sistema imunitário e atua na renovação das células do nosso corpo. Melhora as funções cerebrais.

No dia 6 deve semear ou plantar  os seus frutos

Morangos

Morangos

Não pode deixar de ter morangos na sua horta, varanda ou terraço, desde que tenha bastantes horas de sol. São originários da Europa e sabemos que são consumidos desde o sex XV em França e em Inglaterra.

São muito fáceis de cultivar pois necessitam de pouco altura de substrato, podem ser cultivados em floreiras ou vasos suspensos. As folhas e frutos não devem estar em contacto com a terra pois apodrecem, se estiverem no solo coloque palha ou casca de pinheiro. Dai a origem do seu nome em inglês strawberry (straw de palha).

Veja o vídeo “Como plantar morangueiros”: aqui.

Condições de cultivo

Os morangos para se desenvolverem em boas  condições necessitam de muita luz e algumas horas de sol direto por dia, nas zonas mais quentes convém protege-los nas horas mais quentes do sol direto. Gostam de substratos/solos bem drenados e ricos em matéria orgânica, com pH 5,5-6,5, devem ser regados regularmente sem encharcar. Quando se plantam deve ser deixada uma distância entre plantas de 25-30 cm. A colheita deve ser feita quando os frutos estão maduros. Tenha o cuidado de escolher variedades que frutifiquem mais do que uma vez ao longo do ano.

Aquilo que nos normalmente pensamos que é o fruto é na realidade o recetáculo floral do morango, os frutos são os pontinhos brancos.

Propriedades medicinais e benefícios dos morangos

São frutos pouco calóricos e quando comidos frescos ajudam a controlar os níveis de açúcar no sangue, são adequados para dietas de emagrecimento e também para diabéticos. É um antioxidante natural, promovendo a saúde ocular, é também um anti-inflamatório natural. Rico em vitaminas C e B6, em ácido fólico, ómega 3, fósforo, magnésio, manganês e ainda em potássio, um vasodilatador natural, o que torna um excelente aliado do coração.

 

No dia 7 deve tratar das pragas e doenças

Combater pragas e infestantes

No inicio de primavera com chuva e temperaturas amenas, estão reunidas as condições ideais para o aparecimento de pragas e doenças. Esta é uma semana favorável para o combate de pragas e doenças e para a eliminação de infestantes, segundo o calendário lunar  dias 1,2, 3,4,5 e 6 são os dias ideais para fazer estas tarefas. Tenha atenção que na prevenção é que está o ganho, se observar bem as suas plantas consegue evitar que uma série de problemas se alastrem.

Pelo menos uma vez por semana observe bem as suas plantas pois elas muitas vezes dão-lhe sinais de que estão afetadas. Esteja atento a mudanças de cor, queda, buracos, ou pontas enroladas  nas folhas. Veja por cima e por baixo das folhas se há sinas de pintas, manchas, ou insetos de alguma espécie. Quanto mais cedo atacar as pragas e as doenças maior será o sucesso. Opte sempre por soluções amigas do ambiente. Veja o vídeo “Como fazer uma horta urbana”: aqui.

Aplicação de pesticida em plantas infestadas

 

Gostou deste artigo? Subscreva o canal da Jardins no Youtube e siga-nos no Facebook e no Instagram.

Poderá Também Gostar