Tarefas da Semana

Tarefas da semana: 1 a 7 de novembro

A primeira semana de novembro vem com temperaturas altas e alguma chuva, o ideal para plantações e sementeiras desta estação. Aproveite estes dias amenos para plantar flores que vão tornar o seu outono e invernos mais alegres e coloridos.

Favas

Segundo a maior parte dos nutricionistas as leguminosas como a fava, a ervilha, a lentilha, o grão e o feijão, deviam fazer parte da nossa alimentação diária (25 g por dia o que equivale a duas colheres de sopa).

As leguminosas em geral são uma excelente fonte de proteína e ricas em aminoácidos essenciais. Está na hora de semear as favas, deliciosas, versáteis e tão típicas da culinária portuguesa.

Condições de cultivo

Gostam de zonas com muitas horas de exposição solar e preferem solos férteis, com uma boa estrutura e bem drenados.

Como semear e manter

Semeie-as em local definitivo depois de preparar o terreno para esteja leve e solto e incorporar bastante matéria orgânica.

Pode semear em linhas afastadas 40 cm umas as outras, e as plantas 30-40 cm afastadas 30-40 cm, quando começarem a crescer devem conduzi-las com tutores pois são trepadeiras.

As favas, nomeadamente aquelas variedades que crescem mais em altura necessitam ser tutoradas para que aguentem o peso das vagens. Devem ter o cuidado de colocar canas ao longo de cada linha de sementeira.

Propriedades e benefícios das favas

As favas são ricas em vitamina C um poderoso antioxidante natural, em ácido fólico, essencial para o bom funcionamento do coração, do sistema imunológico e para a produção de glóbulos vermelhos.

São ainda um antidepressivo natural pois são ricas em dopamina, um aminoácido que ajuda a melhorar o humor.

As ervilhas, são muito nutritivas, uma excelente fonte de hidratos de carbono e fibra, ricas em vitaminas A, B, C, E e K bem como em minerais como o zinco, potássio, cálcio, magnésio e ferro.

Nos dias 2, 3 e 4 pode semear ou plantar raízes

Alho

O alho é absolutamente indispensável em grande parte dos pratos da culinária portuguesa, e esta é a época certa para o começar a plantar.

Condições de cultivo

Esta é uma planta que se adapta a que se adapta a quase todos os tipos de solo e de clima. A variedade branca é mais resistente e tem uma boa produtividade.

O alho é muito resistente tanto ao calor como ao frio, mas não aguenta temperaturas demasiado altas durante a noite muitos dias seguidos. Para o bolbo se desenvolver em condições necessita de um período de frio com temperaturas abaixo dos 10 ºC.

Como plantar

A plantação deve ser feita desde o final do outono até meados do inverno (dezembro a fevereiro). Em zonas com muita chuva deve plantar mais tarde. 

Cave bem a terra antes da plantação, coloque os dentes de alho com o bico para cima e cubra-os ligeiramente. Deixe uma distancia de pelo menos 10 cm entre eles. Pouco exigente em rega e em adubação, pode colocar matéria orgânica quando da plantação. 

A colheita deve ser feita antes que as folhas fiquem demasiado secas para não terem tendência de se partir.

Propriedades e beneficio do alho

Desde sempre o alho é considerado um medicamento, pois as suas qualidades são muitas. Para além de ter uma elevada concentração de vitaminas A, C, B6 e B1, é um elemento altamente energético e dietético pois tem poucas calorias. Reforça o sistema imunitário e acelera o metabolismo favorecendo o emagrecimento.

Nos dias 5 e 6 pode semear ou plantar flores

Urze

Para termos um outono e inverno floridos devemos fazer agora as nossas plantações. Esta é uma boa época pois é já sem a pressão da primavera e do verão e sem tantas exigências em termos de manutenção, quer seja a rega ou o combate a pragas e doenças.

Nesta época do ano há flores que são indispensáveis para marcar a estação, das minhas favoritas são as urzes, de várias cores, misturadas ou não, ficam lindas em canteiros, floreiras ou vasos, são o elemento de cor que o seu espaço exterior precisa.

Condições de cultivo e manutenção

São plantas que necessitam estar numa zona com 4 a 5 horas de sol direto por dia e gostam de terras ácidas, pelo que quando as plantar deverá utilizar um substrato para plantas acidófilas.

Só assim elas irão desenvolver-se em boas condições e retribuir com as florações exuberantes que se pretende. Resistentes à secura e não toleram o encharcamento, regue apenas quando o substrato está seco.

São plantas que se dão muito bem em vaso ou floreira e que dão cor desde o início do outono, até ao final do inverno. No final da floração podem ser ligeiramente podadas, mas nunca as pode drasticamente pois podem não aguentar.

No dia 7 pode semear ou plantar folhas

Rúcula

Esta é uma planta, com um sabor picante, fácil de cultivar e de cuidar, na horta, no jardim e até em floreira ou vaso. As folhas podem ser consumidas cruas, cozidas ou refogadas, muito utilizada em inúmeros pratos culinários. Para além das folhas as suas sementes também são consumidas, podendo substituir as de mostarda. 

Condições de cultivo

Gosta de temperaturas amenas (16-22 ºC), sol direto e luz. Prefere colos bem drenados, férteis, ricos em matéria orgânica e com pH 6-7. Necessita de regas regulares.

Como semear

Semeie em local definitivo, a uma profundidade não superior a 0,5 cm. Normalmente as sementes germinam em 4 a 8 dias e estão prontas para ser consumidas em 20-60 dias.

Pode optar por arrancar toda a planta ou apenas por retirar as que têm as folhas maiores.

Propriedades medicinais e benefícios da rúcula

Fonte poderosa de vitaminas A, C e K, fundamental na manutenção da saúde ocular também pela sua riqueza em carotenoides que desaceleram o processo degenerativo dos olhos e da pele.

Fortalece o sistema imunitário e atua na renovação das células do nosso corpo. Melhora as funções cerebrais.

Gostou deste artigo?
Então leia a nossa Revista, subscreva o canal da Jardins no Youtube, e siga-nos no Facebook, Instagram e Pinterest.


Poderá Também Gostar