Jardim

Uma planta, uma história: Azevinho da Madeira

O Ilex perado subsp. perado é uma pequena árvore endémica da Madeira, que raramente atinge 8 metros de altura. Este azevinho vive na floresta Laurissilva e nas formações arbustivas do último andar fitoclimático.

O género Ilex pertence à família das Aquifoliáceas e integra cerca de 400 espécies de árvores, arbustos e trepadeiras.

A espécie mais conhecida é, sem dúvida, aquela que foi batizada por Lineu como Ilex aquifolium. Este grande arbusto ou pequena árvore tem como habitat a Europa, o Norte de África e a Ásia Menor.

As folhas são persistentes, verde-escuras, rígidas, com espinhos nas margens. No outono e no inverno fica muito atrativo graças aos frutos vermelhos.

Para a maioria das pessoas, azevinho só há um. Este e mais nenhum. E não é verdade. No século XIX, na Inglaterra, o europeu Ilex aquifolium foi cruzado com o madeirense Ilex perado subsp. perado.

O híbrido, classificado como Ilex x altaclarensis, continua por aí a ornamentar parques e jardins.

As folhas

A observação das folhas permite distingui-lo bem do congénere europeu. Estas são igualmente coriáceas, mas maiores, obovadas e quase sem espinhos nas margens. As folhas dos rebentos e das plantas novas são elípticas e espinhosas.

As flores

As flores brancas, pequenas e discretas, aparecem em maio e junho.

Os frutos

No outono e inverno enche-se de frutos globosos vermelhos, ligeiramente maiores que os do Ilex aquifolium.

Com certeza já repararam que há azevinhos com bela folhagem, mas que nunca frutificaram. A explicação para a ausência de frutos é simples.

São plantas dioicas, o que significa que há plantas com flores masculinas e plantas com flores femininas. E só estas é que frutificam.

Características

Nome científico: Ilex perado subsp. perado

Nome vulgar: Perado; azevinho

Porte: Arbusto

Família: Aquifoliaceae

Origem: Madeira

Morada: Floresta Laurissilva e formações arbustivas de altitude

Fotos: Raimundo Quintal

Gostou deste artigo?
Então leia a nossa Revista, subscreva o canal da Jardins no Youtube, e siga-nos no Facebook, Instagram e Pinterest.


Poderá Também Gostar