Plantas

Uma planta, uma história: camarões

Desta vez selecionei para vos apresentar um arbusto, escandente, que desde o início do século XX está referenciado nos jardins e quintas da Madeira, onde é conhecido por camarões devido à forma e cor das suas flores.

Nos manuais de botânica, ora surge como Tecomaria capensis, ora aparece como Tecoma capensis. A dada altura, o género Tecomaria desapareceu, porque alguns botânicos de referência consideraram  não existir diferenças na morfologia das flores que justificassem a separação do género Tecoma.  Mais recentemente, estudos moleculares revelaram que o género Tecomaria deveria ser reabilitado.

Origem e utilização

O nome específico capensis está intimamente ligado à sua área de origem, que se estende da província do Cabo, na África do Sul, até Moçambique. Na África Austral, a casca e as folhas são usadas em infusões para estancar diarreias, aliviar inflamações intestinais  e baixar a febre. Na Madeira, não se conhece qualquer utilização na medicina popular.

Além da função ornamental, é usado em sebes para abrigar culturas. Em Santana ainda pode ser visto a proteger as casas de colmo dos ventos dominantes do quadrante norte. Reproduz-se facilmente por estacas e por rebentação das raízes. Hoje, a sua presença é frequente fora das áreas ajardinadas, podendo ser considerada uma espécie naturalizada.

As flores

Nesta ilha, a Tecomaria capensis exibe todo o ano flores vermelhas-alaranjadas agrupadas em inflorescências terminais, que se destacam das folhas compostas pinadas, verde-escuras, que podem atingir 15 cm de comprimento, com 5-9 folíolos ovais de margens serradas. Nos últimos anos, começaram a surgir nos jardins cultivares com flores amarelas (Aurea) e alaranjadas (Orange Glow).

B.I.

Nome científico: Tecomaria capensis

Nome vulgar: Camarões

Porte: Arbusto

Família: Bignoniaceae

Origem: África do Sul, Moçambique

Morada: Jardim do Tojal, Santana Ilha da Madeira

Fotos: Raimundo Quintal 

Gostou deste artigo? Siga-nos no Facebook, no Instagram e no Pinterest e subscreva o nosso canal no Youtube

Poderá Também Gostar