Tarefas da Semana

Tarefas da semana: 27 de setembro a 3 de outubro

A primeira semana de outubro chegou já mesmo com temperaturas de outono e com as primeiras chuvas da estação, muito importantes para o bom desenvolvimento das culturas de outono-inverno.

Semear e plantar raízes nos dias 27 e 28

Aipo

Aipo

Para ter aromas e sabores diversificados na horta, invista em bolbos deliciosos e aromáticos como o aipo.

Todas as partes do aipo são comestíveis, caules, folhas e incluindo a raiz que é difícil encontrar à venda em Portugal, daí a importância de o cultivar.

A raiz tem uma aparência feia, mas depois de se retirar a casaca grossa, é um legume branco a fazer lembrar o nabo, o sabor é ligeiramente picante, entre o aipo e a salsa e pode ser consumida crua ou cozinhada. 

Condições de cultivo

Prefere zonas de meia sombra pois com muitas horas de sol direto muito forte a rama pode secar. Necessita substratos com pH neutro, de preferência argiloarenosos, profundos, bem drenados mas ricos em matéria orgânica.

Como semear e manter

Pode semear o aipo em local definitivo deixando um espaçamento entre plantas de cerca de 20-25 cm. Germina rapidamente e é muito fácil de cultivar. 

Propriedades e benefícios do aipo

O aipo é um legume muito rico em vitamina K, importante para a saúde dos ossos, é também diurético (ajuda a perder peso), desintoxicante e regulador do cortisol. 

Os dias 29 e 30 são os ideais para semear e plantar flores

Chelone

Esta é uma planta herbácea perene original, nativa da América do Norte, com cerca de 60-90 cm de altura, a flor parece uma cabeça de tartaruga dai o seu nome vulgar e o seu nome cientifico (chelona é tartaruga em grego, chelone significa parecida com uma tartaruga.

A floração de cores como branco, cor-de-rosa ou roxa, começa no verão e prolonga-se até ao final do outono. Pode ser cultivada em maciços e bordaduras de lagos e caminhos.

Condições de cultivo e manutenção

Dá-se preferencialmente em zonas de meia sombra, solos férteis e sempre húmidos, não resiste à secura, pelo que necessita de regas regulares.

Deve ser fertilizada quando da plantação e na primavera, verão e outono.

Os dias 1 a 3 de outubro são os ideais plantar e semear folhas

Espinafre-da-Nova-Zelândia

Espinafres

Em Portugal, os espinafres-da-nova-zelândia podem ser uma boa alternativa aos espinafres verdadeiros, embora não sejam tão tenros, são muito saborosos e muito mais resistentes ao calor e à secura.

Apesar de serem plantas anuais, se os deixarmos desenvolver completamente, autossemeiam-se e podemos usufruir deles durante muitos anos. 

Condições de cultivo 

Gostam de locais com sol mas com alguma frescura e solos com bastante matéria orgânica, pois gostam de humidade.

Para isso pode também cobrir a terra com uma boa camada de mulching orgânico (casca de pinheiro, estilha de madeira ou palha).

Como semear e manter

Plante no início do outono ou da primavera e prepare-se para os colher em poucas semanas pois crescem rapidamente e são bons tenros. Se semear, depois de criarem as primeiras folhas verdadeiras, desbaste de modo a ficarem com cerca de 15 cm entre eles.

Colha as folhas assim que tiverem tamanho suficiente. Estas podem ser comidas em cru ou cozinhadas e são muito fáceis de congelar, pois conseguem manter a cor e o sabor.

Propriedades e benefícios do espinafre-da-nova- Zelândia

Excelente alimento para dietas, tem apenas 14 Kcal/100 g, muito rico em vitamina C, cálcio, ferro e magnésio. Rico em fibras, é um ótimo alimento para regular os intestinos. Consome-se preferencialmente cozinhado.

Gostou deste artigo?
Então leia a nossa Revista, subscreva o canal da Jardins no Youtube, e siga-nos no Facebook, Instagram e Pinterest.


Poderá Também Gostar