Jardins

Tapete de relva ou sementeira? Qual a melhor opção?

Tapete de relva

Ao planearmos o nosso jardim, um dos pontos a pensar é o relvado. Um relvado bonito faz evidenciar todas as plantas contidas no jardim, criando uma harmonia natural. Existem centenas de espécies de relva e milhares de variedades.

Surgem então questões – o que usar? Semente ou tapete? Relvas de clima fresco ou relvas de clima quente? As necessidades hídricas, a tolerância à seca ou encharcamento, tolerância ao frio ou calor, o suporte da salinidade, tolerância ao uso e à sombra, bem como a resistência a doenças e ataques de insetos, são pontos a considerar na escolha do relvado.

A escolha das sementes para produção de tapetes de relva ou para sementeira direta, terá de ser de grande rigor para que o relvado seja adaptado ao local e uso em questão.

Sementes a germinar

A composição de uma mistura depende do fim a que se destina. Variedades de qualidade contribuem para um relvado de qualidade. Um relvado desportivo tem exigências que um relvado residencial não terá; um relvado à beira-mar no Alentejo ou um relvado na serra da Estrela terão de ter requisitos diferentes.

Ao adquirir tapete/semente, deveremos procurar produtos certificados e adequados à zona a semear. A escolha de tapete ou sementeira, além das vantagens e desvantagens que têm de ser ponderadas, no final, tem o mesmo objetivo – ter um relvado saudável e com baixa manutenção, que se mantenha agradável e saudável todo o ano.

Tapete de relva

Vantagens
  • Conseguir um relvado “feito” num só dia.
  • Plantas adultas bem formadas.
  • Consegue-se uma superfície uniforme e livre de infestantes.
  • Os limites são bem definidos.
  • Pode ser aplicado em qualquer altura do ano.
Desvantagens
  • Misturas limitadas à disponibilidade no mercado.
  • Preço imediato mais elevado do que o da semente.

Sementeira

Vantagens
  • Mistura pode ser pedida com características específicas.
  • Preço imediato reduzido.
Desvantagens
  • Limitação ao clima para sementeira (chuva intensa, muito calor, ou muito frio são de evitar).
  • Risco de instalação em que a planta jovem pode sofrer golpes de frio ou calor e doenças.
  • Combate a infestantes.
  • Gasto de água na instalação é elevado.

Relvado perto do mar

Manutenção geral do relvado

  • Cortes regulares.
  • Não tirar mais do que 1/3 da altura de folha em cada corte.
  • Fertilizações regulares nos períodos de crescimento ativo da relva.
  • Eliminação de infestantes.
  • Escarificação/furação para controlo de thach e arejamento do solo.
  • Rega de acordo com as necessidades hídricas do relvado, tipo de solo e clima.
Se optar por um relvado de bermuda (clima quente). Lembre-se que:
  • Sementeira ou tapete deverão ser feitas só do meio da primavera até agosto.
  • Este tipo de relva entra em dormência total ou parcial no inverno.
  • Altura de corte entre 0,5 cm e 2,5 cm.

Canteiro com flores e relva de clima fresco

Se optar por um relvado de  Festuca Arundinacea+ Poa Proatensis (clima quente). Lembre-se que:
  • Sementeira tem a limitação na chuva intensa, picos de calor e picos de frio.
  • Tapete pode ser aplicado durante todo o ano.
  • Altura de corte entre 3 cm e 5 cm.

Fotos: Thinkstock

Gostou deste artigo? Siga-nos no Facebook, no Instagram e no Pinterest e subscreva o nosso canal no Youtube.

Poderá Também Gostar